0
0
0
s2sdefault

Adriano Fanti sabe muito bem e dá dicas de como se preparar para os testes. Luciana Chama também resolveu aconselhar nossos leitores, com experiências (muito) bem-sucedidas de como se agradar um fã. Acompanhe!

We Love all access!

Luciana Chama - Los Angeles

A obsessão americana em agradar aos fãs é fator de primeira instância nos negócios do entretenimento. Afinal, quem paga o ingresso somos nós, audiência. Ideias e incentivos cada vez mais substanciosos e inusitados dão a regra no direcionamento do mercado (e o atendimento ao cliente é o primeiro departamento a ser remodelado e investido nas grandes empresas). A era dos atendentes de telefone robóticos e insensíveis acabou. Novas empresas especializadas em lidar diretamente com o público tem surgido e dado o que falar em Hollywood. Duas delas me chamaram mais atenção, até por serem pioneiras no assunto:
I Love All Access: empresa dedicada a prover pacotes exclusivos para shows aos fãs “de carteirinha”. O intuito é proporcionar ao fã uma experiência inesquecível, com a possibilidade de arrematar os melhores assentos disponíveis, merchandising exclusiva, tratamento VIP e acesso sem precedentes aos seus artistas favoritos. O atendimento ao publico é impecável: a empresa não possui um número grande de funcionários e todos no escritório lidam com os telefonemas. O merchandising (camisetas, canecas, bonés, chaveiros e afins), credenciais VIP de acesso ao backstage, convite para festa pós-show com os artistas, tudo preparado com muito cuidado e enviado aos clientes pelo correio (já passei muitas tardes ajudando a galera a dobrar camiseta). Serviço paralelo ao sistema de venda de ingressos (operado pela Ticketmaster), o I Love All Access é a melhor alternativa para o fã ter um acesso diferente e mais próximo ao seu ídolo e ao seu rock’n’roll life style. A empresa agora promete expandir horizontes e aposta suas fichas na área teatral.
Fan Manager: Shakira, Depeche Mode, Paul Oakenfold e The Doors são apenas alguns dos clientes dessa nova empresa californiana que se dedica exclusivamente a colecionar e administrar fãs. Fazendo um bom uso da nova geração de instrumentos tecnológicos, a companhia – que é especializada em marketing do entretenimento – arrumou uma maneira de engajar os fãs apaixonados a ajudar a aumentar e fomentar o fã-clube do seu artista favorito. Utilizando-se principalmente do marketing viral e social media como ferramentas principais do seu negócio, a Fan Manager já é famosa por produzir resultados rápidos, com um investimento inicial nas comunidades online, “street teams” e fanbase.
Ideias novas e adaptáveis aos outros campos da indústria das artes – para bom entendedor...
Vai lá: www.iloveallaccess.com ; www.fanmanager.net.