0
0
0
s2smodern


Iniciativas demonstram preocupação com a profissionalização de forma cada vez mais qualificada e séria

Por Adoniran Peres

Aprender teatro é uma arte. Arte que exige dedicação e, principalmente, vocação, embora seja uma atividade prazerosa e acessível para qualquer pessoa, de qualquer faixa etária. É o que garantem os diretores dos principais cursos de artes cênicas de Santa Catarina, onde são oferecidas oportunidades tanto para se ingressar no teatro quanto para o aperfeiçoamento, com cursos técnicos, superiores e oficinas, o que permite a constante troca de experiências.
Na área de graduação, com critérios de seleção por meio de vestibular, no fim de cada ano, a Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina) é referência com o curso de bacharelado e licenciatura em Artes Cênicas. Implantado em 10 de abril de 1986, as 40 vagas por ano do curso, ministrado em Florianópolis, habilitam professores para dar aulas na área e formar profissionais para a atuação na pesquisa teatral e execução de espetáculos. O curso fomenta a criação e a produção de peças, em diferentes modalidades, assim como contribui à formação de arte-educadores. A Udesc disponibiliza, também, o curso de mestrado e doutorado em artes cênicas.
Entre as universidades privadas, a Furb (Universidade Regional de Blumenau), com  cursos de artes há 35 anos, oferece bacharelado em teatro, com ênfase em interpretação. O curso, com mensalidade de R$ 559, prepara atores e profissionais para atuar em diversas áreas das Artes Cênicas, na produção teatral e como agentes culturais, suscitando a criação artística, a reflexão, a fruição e a conseqüente transformação da sociedade. Além de participar de atividades e projetos de pesquisa e extensão na Furb e na comunidade em geral, os profissionais da área tornam-se igualmente aptos para atuar em espaços culturais como museus, galerias, fundações, conservatórios, teatros, grupos e escolas livres de ensino informal.

UFSC
Já a UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) oferece, desde 1982, cursos técnicos e de aperfeiçoamento em teatro abertos à população. Para ingressar nos cursos, os interessados devem passar por uma seleção, divulgada no site da universidade (www.dac.ufsc.br), que acontecem, normalmente, nos meses de março e agosto. É cobrada uma taxa de R$ 40 por semestre. Entre os cursos oferecidos está a Oficina Permanente de Teatro, vinculada ao Dac (Departamento Artístico Cultural da UFSC), que realiza suas atividades na formação do ator/cidadão. De 1977 a 1981, o então Setor de Teatro da UFSC oferecia o Curso Livre de Formação de Ator, com disciplinas inter-relacionadas (corpo, voz, história do teatro), ministradas por Carmen Fossari, que, desde então, formulou o método “de como ser para representar outro ser”.
A Oficina tem como objetivo uma vivência na área e compreende o estudo teórico e a vivência teatral. A cada turma, dependendo da vocação do grupo aí formado, ela realiza o processo de montagem seguindo a tendência natural do grupo. Esta vivência poderá ser de teatro de rua, de mímica ou de montagem dos clássicos. Depois desta etapa, os alunos, que de fato sintonizam sua vocação, podem integrar o elenco do Grupo Pesquisa Teatro Novo da UFSC.
Outra opção da UFSC é a Oficina de Teatro para Adolescentes, criado com a finalidade de promover o intercâmbio artístico-cultural entre a universidade e a comunidade. Este projeto tem realizado sua programação desde 1987 e consiste na preparação de adolescentes, na faixa etária de 13 a 20 anos, para o exercício teatral. A partir da iniciação do aluno-ator no jogo teatral e a sua participação na investigação do texto dramático, são montadas peças para serem apresentadas nas escolas públicas de Florianópolis, em eventos culturais, festivais e mostras de teatro. Além desses, a UFSC oferece cursos de extensão para a graduação.

Outras oportunidades
de cursos
Algumas escolas de teatro e entidades de Santa Catarina também realizam a introdução de crianças, jovens e adultos nas artes cênicas. Um dos destaques é o Carona Escola de Teatro, de Blumenau, que oferece cursos semestrais com turmas Clown (Palhaço), adolescente e adulto (iniciante,  intermediário e avançado). Criado em 2004, o curso conta com ampla estrutura – dispõe de três salas para trabalhos mais secretaria e vestiários. O corpo docente conta com professores qualificados, com curso superior na área teatral e ampla experiência em festivais, oficinas, intercâmbios e trabalhos nos âmbitos nacional e internacional. Seus professores atuam constantemente no mercado profissional, através da Cia. Carona de Teatro, fundada em 1995. No final do semestre, acontece a mostra carona de teatro, momento em que cada turma apresenta um espetáculo como finalização do semestre. O valor da semestralidade é de R$ 650, já contando a taxa-montagem da Mostra.  Durante o semestre, acontecem, ainda, oficinas, como formação complementar.
Com preços de R$ 55 para adolescentes e adultos e R$ 45 para crianças, o Sesc (Serviço Social do Comércio) oferece à população (com descontos para trabalhadores do comércio), em Joinvile e em Jaraguá do Sul, a oportunidade de aprender teatro. O objetivo é proporcionar o desenvolvimento cultural, através da apresentação, durante o ano, de projetos artísticos e espetáculos teatrais que visam a inclusão social e a democracia no acesso aos bens culturais por parte das comunidades. “O Objetivo é introduzir o aluno no mundo teatral, para que ele tome gosto pela arte e, futuramente, se aperfeiçoe em outras companhias” diz Cássio Correa, técnico de cultura do Sesc Joinville. Nas aulas, o aluno recebe informações qualitativas que possibilitem a sua compreensão e apreensão sobre os princípios fundamentais das técnicas teatrais, demonstrando na prática a sua execução.
Entre outras opções em Santa Catarina estão os cursos oferecidos pela Camarim Escola de Artes, de Florianópolis. Com duração de quatro meses e  mensalidade de R$120, a escola oferece cursos de teatro avançado e para iniciantes. No avançado é abordada a construção e a apresentação de  uma encenação, além do estudo sobre a construção do uma personagem e prática interpretativa. Já o teatro para iniciantes tem o objetivo introduzir o aluno aos princípios técnicos e teóricos para o trabalho com o meio.

0
0
0
s2smodern
Departamento de Arte Dramática (DAD) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) precisou ressuscitar em meio à ditadura militar
0
0
0
s2smodern

Criada em 1956, Escola de Teatro da UFBA foi a primeira do País ligada a uma instituição de nível superior

0
0
0
s2smodern

Ao seguir os passos da mãe, Célia Helena, Lígia Cortez continua o trabalho de formação de atores e da nova abordagem no processo de formação do ator.

Página 3 de 4