0
0
0
s2smodern

“L' illustre Molière” foi a maior vencedora do 25º Prêmio Shell de Teatro na edição paulistana e venceu três das quatro indicações recebidas. O espetáculo do grupo Companhia D' Alma retratou a vida e a obra do dramaturgo francês do século 17 Molière, que foi apresentada no primeiro semestre de 2012 no Teatro da Aliança Francesa.

Ambientada no séc. XVII, a peça retrata momentos marcantes da vida e obra do famoso dramaturgo francês Molière. Cada cena tenta recriar a efervescência da criatividade do autor, a trajetória artística de sua companhia teatral e as particularidades de sua época.

Para potencializar a ambientação da época, o público é conduzido a um cenário que recria o Teatro Ilustre, onde o artista e sua companhia trabalharam. Grande crítico de sua época, Molière utilizava-se da comicidade de seus textos para criticar a sociedade francesa e abordar temas como a hipocrisia, o desejo de ascensão social a qualquer preço.

O grupo selecionou cenas das principais obras do artista para mostrar que, mesmo após quatro séculos, seus textos continuam atuais. A Companhia d'Alma investiga principalmente as origens do teatro cômico.

Desde 2009, o grupo e a diretora teatral Sandra Corveloni (melhor atriz no Festival de Cannes em 2008) pesquisam sobre a linguagem cômica do escritor francês Molière, que é considerado o dramaturgo que elevou a comédia ao status de crítica social. 

“L' illustre Molière” conquistou o prêmio nas categorias: ator (Guilherme Sant' Anna), figurino (Zé Henrique de Paula) e música (Fernanda Maia).

Por Rubens Barizon (Texto Incrementado) - Da Redação JTeatro - RJ